Banhistas no Tietê?

Ativistas tomando sol no poluído Tietê em São Paulo

A ONG SOS Mata Atlântica, em conjunto com a Sabesp e a Prefeitura de São Paulo, realizava nesta quarta-feira, 22, a segunda edição da “Praia do Tietê”. Para chamar atenção da importância da despoluição do rio, a ideia era simular uma situação de praia, com guarda-sol, barcos e artistas vestidos de roupa banho.

Praia do Rio Pisuerga em Valladolid, Espanha

Essa realidade existe em muitas cidades. Os rios urbanos não são mais esgotos a céu aberto, mas fazem parte do cotidiano e lazer dos habitantes da urbe. Na cidade de Valladolid na Espanha, por exemplo, houve a descontaminação do Rio Pisuerga e hoje todas as suas margens servem como parque e praia pública o ano todo.

Em Paris, crianças brincam na praia do Rio Sena

Situação similar acontece no Rio Sena de Paris. Também houve um grande processo de descontaminação do rio e hoje ele é um dos pontos mais visitados da cidade. Muitos turistas, inclusive, conhecem muitos lugares de Paris navegando pelo rio. Alem disso, é comum que a Prefeitura da cidade, durante os meses mais quentes, monte uma praia artificial para lazer de seus cidadãos.

Por que não no Tiete? Por que ele ainda está poluído? Nós queremos mesmo um esgoto a céu aberto repleto de carros ao redor ao invés de uma praia urbana e espaço de lazer?

Fonte: Estado.com.br e Terra.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s