Maracanã e Arena das Dunas já ultrapassam o valor pervisto e superam R$1bi

Uma das menores arenas para a Copa de 2014 e o maior estádio do evento terão seus orçamentos de construção e reforma, respectivamente, supeior a R$ 1 bilhão. A informação é do Portal 2014 que divulgou duas notícias sobre a sede das partidas de Natal e das partidas do Rio de Janeiro. Enquanto isso, o país ainda é um dos que possui maiores índices de desigualdade social do mundo.

O governo potiguar irá desembolsar R$1,3 bi nos 20 anos de concessão a OAS. O valor é três vezes maior do que o custo da construção despendido durante as obras, que só devem começar após a demolição do Machadão depois do campeonato estadual se definir.

No Rio de Janeiro, o problema do custo adicional foi provocado pela situação estrutural da cobertura de concreto do Maracanã, que passa por reformas. Segundo análises técnicas, a cobertura precisará passar por obras de reforço, pois está comprometida, o que não constava no orçamento inicial que deve saltar de R$700 milhões para R$1bilhão.

Enquanto isso, segundo pesquisas da Fundação Getulio Vargas, ainda são cerca de 36 milhões de brasileiros vivendo abaixo do nível de pobreza e a desigualdade social é uma das maiores do mundo, com o Índice de Gini* de 0,53 em 2008 (dados do IBGE), ficando em 12º posição, atrás de Guatemala, Colômbia e Nicarágua, por exemplo.

É uma vergonha que gastemos bilhões em construção de estádio de futebol com diferenças regionais e entre indivíduos tão grandes e alarmantes. Faz-nos perguntar quem de fato ganhará com isso? A Copa do Mundo de Futebol e depois as Olimpíadas trarão a “riqueza que falta” para que o Brasil possa melhorar as condições de vida de TODOS seus habitantes?

Difícil imaginar…

*Indice de Gini: mede a desigualdade e foi idealizado pelo estatístico italiano Corrado Gini. Utiliza-se para medir a desigualdade de ingressos, mas pode se utilizar para medir qualquer forma de distribuição desigual. O coeficiente de Gini é um numero entre 0 e 1, aonde 0 corresponde a perfeita igualdade e 1 corresponde a perfeita desigualdade.

Fonte: Direito a Moradia Adequada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s