As pequenas alterações propostas pelos clientes… "Ué, mas é tão simples?"





Obviamente não é um maldição exclusiva dos arquitetos e urbanistas, mas, principalmente de todos aqueles profissionais que lidam com criação! Depois de perder horas e horas fazendo o projeto, criando  e esquematizando toda uma apresentação, finalmente chega a hora de apresentar a idéia ao cliente… tcham tcham  tchammmm!


No melhor dos casos, o cliente vai amar o projeto, porém, mesmo assim, vai pedir algumas alterações, que, na verdade, são normais! Afinal de contas, ele está pagando pelo trabalho e quer que seja o melhor possível! Contudo, depois do projeto em andamento e com muitas reuniões para se esclarecer tudo e deixar o projeto redondinho com as idéias do cliente, começam a chegar alguns emails… Quem já não se deparou, em meio de um projeto executivo, mudando coisas fundamentais e acordadas a séculos com todos os interessados?


O pior não é ter que fazer a alteração, mas sim que o cliente (ou chefe) não entenda que a menor alteração vai implicar em um trabalho descomunal e muitas mais horas de trabalho perdidas… Na publicidade, se usa o termo “refação” para casos como esses, que significaria refazer o layout a partir das avaliações do cliente. Em arquitetura, acredito que seja: “ihhh, ferrou!” (para não usar o termo que realmente se usa!)

O vídeo abaixo é bem humorado e explica essa situação:





Fonte vídeo: Porra Arquiteto!




Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s