458 anos da cidade de São Paulo: da escola à faculdade


por Helo Barbeiro

458 anos da fundação da primeira escola da cidade! Uma escola deu origem a uma cidade, coisa não tão comum se compararmos a outras cidades, que começaram, normalmente, com a fundação de uma igreja, ou com muralhas feudais de proteção a inimigos, com comunas campesinas, etc. A nossa cidade de São Paulo começou com uma escola jesuíta e talvez isso queira dizer que sempre teremos que aprender…


E o que podemos aprender com a cidade de São Paulo? Ah! Um montão de coisas! Desde exemplos maravilhosos até tão maus exemplos que nunca mais deveriam ser copiados. É uma escola da vida, do primeiro ao último ano. Aprendendo pouco a pouco com os próprios erros e com os próprios acertos, que, ainda, em idade muito jovem, está nesta fase de experimentar.




Experimentar por muitos caminhos e, de preferência, buscando acertar! Muito já se acertou nesse meio tempo… Esta cidade é casa para todas as pessoas; é uma cidade do mundo! Encontra-se um pouco de cada canto do Brasil e de cada canto da Terra, porém vivendo de forma pacífica e acolhedora apesar de diferenças substanciais entre povos, etnias e culturas, que em outros locais são motivo de guerra. Em São Paulo não! Em São Paulo é só mais mistura para um caldo de variedades. Como crianças que brincam com todo mundo, sem julgar muito pela a aparência, querendo mesmo se divertir.


O que não aprender com São Paulo: a rebeldia adolescente dos 458 anos. Todos sabemos que é uma fase e que passa, mas enquanto não passa é muito chato de aguentar! São Paulo está com uma estranha mania de não ouvir o conselho dos mais velhos e experientes e, por muitas vezes, segue um caminho muito individualista. Ao invés de escutar algumas das muitas sabedorias provenientes daqueles alunos indígenas da escola jesuíta, prefere fazer do seu jeito e de maneira mais radical possível, sem pensar em como pode afetar os outros…



É o caso da estranha maneira em que se encontram os rios e ecossistemas da cidade, ou como preferimos segregar os espaços urbanos para abrir mais espaço para os carros, fazendo com que as pessoas fiquem mais afastadas umas das outras, ou também, como adolescentes inexperientes, “higenizando” bairros e mandando pessoas embora a base da porrada! A São Paulo adolescente deixou de se divertir com coisas simples e ter um olhar mais inocente, passou a escolher quem pode ou não estar na turma dos “mais legais” da escola.


E quando a escola acabar?


No fim da escola olhamos para trás na busca de algumas respostas para seguirmos em frente. O que faremos depois que a escola acabar? O que São Paulo vai fazer de Faculdade? Será que passaremos desta fase de experimentação e pirraças e entraremos em um estado adulto mais sereno e com paciência para ouvir o próximo, como fazíamos quando éramos crianças? Passaremos pelo Vestibular da vida?


Seguramente que sim, mas a experiência vem com os anos e com ela a maturidade. Um dia esta cidade vai conseguir aprender tudo que tinha que aprender com a escola e evoluir. Assim, quando este momento chegar, São Paulo não deixará de aprender e de ouvir os outros, mas será capaz também de ensinar melhor a todos.


Feliz 458 anos! Que possamos amadurecer juntos!

3 Respostas para “458 anos da cidade de São Paulo: da escola à faculdade

  1. Otimo texto! Feliz aniversário São Paulo! Seja a "gigante" que você está predestinada a ser. E não só em quantidade mas em qualidade! Seus milhões de nordestinos, negros, portugueses, italianos, japoneses, indios… merecem uma cidade mais verde, mais forte e principalmente mais justa para todos.

  2. Parabéns à São Paulo, e a Heloisa que conseguiu sintentizar no texto a grande aspiração de uma imensa cidade ainda em franco crescimento. Nós paulistanos esperamos sinceramente que todas as experiencias boas e ruins sejam consideradas. E que São Paulo consiga se destacar mais uma vez como a Grande Metropole que é.Que seja justa, cordial, hospitaleira com seus habitantes. E que continue a acolher todos os que aqui quiserem viver… felizes para sempre!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s