Filipe Magalhães & Ana Luisa Soares: Uma pedra e um bosque

Vista da rua – Filipe Magalhães e Ana Luisa Soares

O projeto vencedor do Concurso 48 hours ideas (organizadores: aefaup.pt, Oporto) foi realizado pelos arquitetos portugueses Filipe Magalhães e Ana Luisa Soares, o tema era direcionado à produção de um espaço de silêncio e paz, um lugar cuja intenção era representar uma despedida, perdido em si mesmo em um local genérico.
O programa exigido era pequeno, mas os arquitetos o resolveram em uma vasta área; em um novo corpo de concreto as funções foram dispersadas ao redor das árvores. O argumento é o isolamento: a construção / pedra / parede permanecem com a durabilidade e resistência de sua espessura e peso. Diferentes espaços aparecem dentro de grutas e nichos, uma composição edificada na rocha por elementos que fazem várias alusões a espaços de reflexão  e cravam suas narrativas em câmaras independentes.
Cada um dos espaços tem sua própria forma e uma apropriação aberta dos usos –  a idéia de unidade encontra-se no pátio cercado pelo claustro de concreto. As várias referências constroem um enredo de algo que se pretende novo e contemporâneo. 
Esta pedra termina por responder ao ambiente, ao programa e às idéias de sagrado e profano.

Implantação – Filipe Magalhães e Ana Luisa Soares

Perspectiva – Filipe Magalhães e Ana Luisa Soares

Espaços internos – Filipe Magalhães e Ana Luisa Soares

Pátio – Filipe Magalhães e Ana Luisa Soares

Corte – Filipe Magalhães e Ana Luisa Soares

Câmara – Filipe Magalhães e Ana Luisa Soares

Referências – Filipe Magalhães e Ana Luisa Soares

Referências – Filipe Magalhães e Ana Luisa Soares

Prancha – Filipe Magalhães e Ana Luisa Soares

it was request a space of silence and peace, a place which was intended to represent a farewell but who found itself lost in an uncharacteristic and aimless area. the given program was small in such a vast place. in a new concrete body were dispersed the functions embracing the woods. the argument is isolation: the building / stone / wall remains with the durability and strength of its thickness and weight. within caves and niches, different spaces comport various functions. composed with elements of several allusions it is built into the rock digging narratives in independent chambers. each space stands on its own shape and can be anything you want – the union is in the courtyard that you see as the oasis surrounded by the concrete cloister. various references build a thread of something that is desired new and contemporary. this rock responds to the environment, the program and the ideas of sacred and profane. go.architecture v03: 48 hours ideas competition (1st prize) organizers: aefaup.pt oporto, portugal dates: november 2011 / january 2012 team: filipe magalhaes and ana luisa soares.

Fonte: designboom

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s