Para ser arquiteto é preciso saber desenhar bem?

Croqui de Diego Gonçalves para Concurso CRA-SC.

Acho que é uma das primeiras perguntas que surgem quando alguém pensa em ir estudar arquitetura e parece bastante razoável uma vez que esta profissão está ligada ao mundo da arte e da necessidade de horas sentado na frente da prancheta.

Será?
Muita calma aqueles que querem ser arquitetos e não sabem desenhar!!! Existem muitos arquitetos que só sabem fazer uns rabiscos…
É verdade! A primeira coisa que o candidato a arquiteto deve saber é que o desenho de arquitetura é um desenho técnico, ou seja, uma técnica que se aprende e se aperfeiçoa ao longo do tempo. Inclusive, as primeiras aulas que temos na faculdade nos ensinam esse tipo de desenho: plantas, cortes, elevações, perspectivas…

Le Corbusier. Casa Curutchet. La Plata, Argentina
Alejandro Bustillo. Casa de Victoria Ocampo, Palermo
Chico, Buenos Aires, Argentina. Fonte:


Desenhos técnicos coloridos por Eduardo Bajzek

Realmente são desenhos de leitura universal entre os profissionais e logo se aprende. Aprende-se tão bem que essa técnica é levada posteriormente a programas de computador, aonde se busca uma representação gráfica semelhante.

Mas não eram exatamente esses desenhos que vocês pensavam, né? Vocês estavam pensando naquelas perspectivas muito legais que os arquitetos costumam fazer em pequenos caderninhos, não é mesmo?
Estudos de Paisajes Emergentes para Biblioteca Publica de San Cristóval
É tão legal folhear esses caderninhos e ver ideias, croquis, perspectivas de lugares… É quase um roteiro de pensamentos que surgem em momentos e lugares diferentes e QUALQUER UM pode fazer!
Dominar esse tipo de representação gráfica também não é segredo!! E, mais uma vez, não são todos os arquitetos que sabem desenhar tão bem assim! O grande triunfo desses desenhos é que eles são feitos rapidamente e explicam ou resumem idéias, facilitando a compreensão do projeto ou até levando a necessidade de começar a idéia de novo.

Paulo Mendes da Rocha. Forma. Sao Paulo

Muitos arquitetos não entram na faculdade sabendo desenhar, mas acredito que todos que querem ser arquitetos têm pelo menos uma curiosidade em desenhar! Essa curiosidade faz com que haja um esforço grande e muito grafite gasto para chegar ao traço certo!
Estudos da Casa de Vidro da Lina Bo Bardi.
É aí que está o segredo! O segredo é se expressar e se fazer entender, afinal, o desenho na arquitetura está como palavras para um livro. Grandes arquitetos tem uma “letra arquitetônica” horrível, mas isso não o impede de escrever um “best seller”!
Cada um tem que buscar o seu próprio traço, e isso não o impede de buscar referencias de outros arquitetos, desenhar por cima (muitas vezes uma mesa de luz ajuda bastante) até que se adquira uma confiança e pouco a pouco a lapiseira corra solta pelas folhas em branco de um moleskine!
Desenhos do livro de Emili Donato Folch, com o título Dibujos de arquitectura / Dessins d’architecture. Fonte: Vitruvius
Esses desenhos, ou os famosos croquis, devem ser encarados como explicações de ideias, um resumo de conceitos que se traduzem no desenho. Muitas vezes explicam milhões de intenções em um só traço e acabam facilitando, inclusive, a vida cotidiana da profissão. Por isso, a primeira coisa que se deve dizer a alguém que queria ser arquiteto (e a muitos arquitetos formados) é:
NÃO TENHAM VERGONHA DE DESENHAR!
Qualquer desenho é válido e sua beleza está na forma em que ele consegue transmitir as idéias!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s