As bicicletas elétricas de Madri – uma cidade sem subidas!

Domingo depois do almoço apareceu o sol e céu azul costumeiros de Madrid   

Primeiro final de semana de primavera e o tempo finalmente esquentou!

Decidi então ir pegar uma das bicicletas elétricas que a Prefeitura de Madrid começou a colocar pela cidade. Como estou sem internet no celular, procurei antes no computador  e vi onde tinha e como fazia para pegar.
O site é o bicimad.com
Lá tem várias informações sobre preço, formas de aluguel (diária, anual…) e locais onde estão disponíveis as bicicletas. Sinceramente achei o site simples demais. Não havia a localização das bicicletas em tempo real, falando quantas tinham em cada ponto. E se você tenta baixar o mapa estático, somente vem um mapa de ruas com as direções (mãos) que o ciclista deve utilizar.
Além disso, somente a parte centro-sul de Madrid tem bicicletas instaladas até agora, onde eu estava, na Calle José Abascal, não tinha nenhuma por perto.
 image
De todos os modos fui até a Plaza de Chamberi e encontrei o ponto. No próprio Toten você coloca seus dados e número do cartão de crédito! Como ia usar só um dia, coloquei a opção “diária”.
Uma tentativa e não funcionou. Troquei de cartão e também não funcionou… Que estranho! A única coisa que eu pensava que poderia estar acontecendo de errado é que eu estava colocando o número do celular do Brasil. Mas ué? Eles aceitam que coloquemos o passaporte, porque não pode colocar o celular do Brasil?
Tentei a última vez com o celular local de um amigo e aí foi! Bônus comprado!
Primeira hora: 2 euros
Cada hora adicional: 4 euros
Se pegar a bike em um ponto de muita saída: 10 centavos adicional
Se colocar a bike em um ponto de muita entrada: outros 10 centavos adicionais
No momento de tirar a bike do local, não há nenhum instrução clara de como fazê-lo! Você deve colocar o cartão do bônus em uma caixinha e esperar que a luz verde fique vermelha, para aí conseguir tirar… não deveria ser ao contrário?? Além disso, se a luz da bike está azul é que alguém já reservou aquela bicicleta e você não pode pegar (você também pode reservar o ponto de deixar a bike, para vc não chegar e estar tudo cheio).
Depois de uns 15 minutos lutando para tirar a bicicleta, finalmente consegui!
Ela tem 3 marchas e de verdade que funciona muito bem. Mas o mais interessante mesmo é ligá-la! São três velocidades e só funciona se você continua pedalando, se para, elaborará também. Não é como uma moto que você não tem que se mexer e ela continua andando…
image
Madrid ainda não conta com uma rede ampla de ciclovia (como São Paulo). Há marcas em uma faixa de carro onde podem ir os dois/três (carro, motos e bicicletas).
Apesar do trânsito ser bem mais calmo por aqui, e com mais respeito por parte dos motoristas (ainda mais em um domingo), para alguém não acostumado a andar de bicicleta pela rua, da um pouco de medo.
image
O interessante é que ligando a bicicleta elétrica, sua velocidade é até bem rápida (não consegui medir), o que me dava mais medo porque não levava capacete ou qualquer tipo de proteção (afinal, estava fazendo turismo, não trouxe essas coisas na mala).
Fiz um trajeto muito grande, porque ligar a bicicleta facilita muito, então você aproveita muito mais. Mas o mais interessante foi ver como a bicicleta é mais um meio de transporte: andar nas calçadas, delito gravíssimo!! O pessoal olha feio e com razão. Andar na contramão, impensável! No parque Madrid Rio existem pontes que não são permitidas as bicicletas (você deve desmontar e levá-la a pé).
image
Ou seja, há regras de trânsito para as bicicletas e nada mais natural… afinal é um meio de transporte!
Mesmo assim, o preço é bem salgado (é possível que o bônus anual seja mais barato) para um meio de transporte e faltaria disponibilizar o capacete e outros objetos de proteção pessoal.
Pouco a pouco as cidades vão se adaptando a elas e as bicicletas às cidades. Definitivamente, as bicicletas elétricas facilitam muito a vida do ciclista e acabam com a história que bicicleta em cidades montanhosas não funciona!
adrid.

2 Respostas para “As bicicletas elétricas de Madri – uma cidade sem subidas!

  1. Oi Lo, adorei a descrição da sua aventura ciclística! Informativa, instrutiva… Só não consegui ouvir claramente o vídeo. Mas antes de ir pra Madri eu falo com você!. Beijos linda da tia!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s